4 de jun de 2012

Sandra Annenberg comenta bordão Que Deselegante: "Vontade era de falar outra coisa"


A elegantíssima jornalista Sandra Annenberg, que completa 44 anos na terça-feira (5), foi entrevistada pelo Jornal da Tarde, e comentou sobre o bordão “Que Deselegante”, que toma conta das redes sociais. Segundo ela, a vontade era de dizer outra coisa ao homem que empurrou a jornalista Monalisa Perrone, durante a transmissão do Jornal Hoje, da Rede Globo.

“Me incomodou [o fato de a notícia ter ficado em segundo plano], claro. A minha vontade era falar outra coisa [a esse agressor], mas não seria elegante da minha parte. Tive de pensar rápido. O ‘que deselegante’ tomou uma proporção que ofuscou a agressão e virou um bordão. As pessoas começaram a usá-lo como sinônimo para tudo que é absurdo”.
Ao comentar o assédio do público, principalmente depois do episódio, ela desconversa: “Fico feliz com essas reações carinhosas. Não me exponho, embora saibam da minha filha [a Elisa, de oito anos]. Curiosamente, muitos não sabem com que sou casada, mesmo já sendo casada há 18 anos [com o jornalista Ernesto Paglia].

Sobre a filha, Sandra afirma que o sonho da pequena é ser atriz de musicais. “[Ela] faz aula de sapateado, balé e canto. Acho que existe, sim, uma ilusão de toda criança de olhar e pensar: ‘Eu quero ser famosa’. Dizemos que esse é um mundo efêmero, que não existe sucesso fácil. Várias vezes, ela diz que quer fazer sucesso. A gente diz: ‘Fazer sucesso não é objetivo, é consequência’”.

Fonte: Virgula


Nenhum comentário:

Postar um comentário